Fogão por indução: o que é, como funciona e quais são as vantagens e desvantagens em ter um

Há três anos eu não utilizo fogo para cozinhar - e não, eu não sou adapto do crudivorismo, a dieta em que todos os alimentos são consumidos crus. Eu simplesmente substitui o tradicional fogão a gás pelo fogão por indução, uma tecnologia ainda pouco usada nas nossas cozinhas, mas que têm grandes vantagens (e algumas desvantagens) em relação ao fogão tradicional.

Minha escolha em ter um fogão por indução partiu por conta de espaço: um fogão a gás de 4 bocas ocuparia um espaço enorme na minha cozinha, e eu não precisava de tantas bocas, afinal moro sozinho. Por isso optei por um cooktop de 1 boca por indução, que pode ser colocado sobre qualquer móvel e ocupa pouco espaço. Escolhi o modelo ICP30, da Electrolux, que custou na época cerca de R$ 300,00.

Fogão por indução: o que é, como funciona e quais são as vantagens e desvantagens em ter um

Depois de três anos cozinhando sem fogo e me virando com apenas uma boca, eu descobri coisas muito boas e outras muito ruins sobre os fogões por indução. Me acompanhe neste artigo e aprenda tudo que você precisa saber sobre fogões por indução antes de decidir ter um desses na sua casa.

Mas afinal, o que é um fogão por indução e como ele funciona?

Mesmo que você nunca tenha ouvido falar em fogão por indução, certamente já viu um em funcionamento. Isso porque quase todos os programas de culinária utilizam um nas suas cozinhas. Pode reparar, as apresentadoras e cozinheiras colocam as panelas sobre um vidro preto com algumas marcações - esse vidro preto (vitrocerâmico) é o fogão por indução.

O conceito de forno, fogão ou panela de indução é bastante antigo, tendo sido proposto no começo do século 20. Mas foi somente em 1970 que sua primeira utilização prática na cozinha começou.

Geralmente chamados de cooktops por indução magnética ou ainda cooktops vitrocerâmicos por indução, eles se apresentam em dois modelos: os de embutir e os de mesa. Os modelos de embutir necessitam de instalação, enquanto os modelos de mesa não precisam de instalação, bastando apoiá-los sobre um móvel plano e estável. Tanto os modelos de embutir quanto os de mesa são vendidos em diferentes tamanhos e quantidades de bocas, variando de 1 a 6 bocas.

Fogão por indução: o que é, como funciona e quais são as vantagens e desvantagens em ter um

De forma simplista, o funcionamento desses cooktops remete ao campo eletromagnético gerado por imãs. Existe no cooktop uma bobina que é excitada em uma frequência específica. O campo eletromagnético oscilando nesta frequência é capaz de gerar correntes induzidas em objetos ferromagnéticos (ou seja, que são atraídos por imãs) que sejam colocados próximos a ele. Estas correntes induzidas vão circular nos objetos e causar aquecimento pelo efeito joule. Ou seja, o calor é gerado pela panela, e não pelo cooktop em si, e é a panela que aquece os alimentos. No fogão por indução, não há nenhum contato direto entre a fonte geradora de eletricidade e o objeto que está sendo aquecido.

Fazendo um comparativo, quando cozinhamos em um fogão a gás, uma chama aberta aquece a panela e a comida que está em seu interior. Já na vitrocerâmica por indução, a eletricidade passa através de uma bobina de cobre com ímãs em sua parte traseira, e isto gera um campo eletromagnético. Quando uma panela ferromagnética está neste campo magnético, nesse caso na vitrocerâmica, suas moléculas de ferro reagem e começam a se mover muito rápido, cerca de 20.000 a 50.000 vezes por segundo, e isso cria fricção, que gera o calor na panela. Diferente do fogo que aquece tudo a sua volta, a bobina de cobre não aquece a si mesma ou qualquer outra parte do cooktop, a panela se transforma na única fonte de calor que cozinha a comida.

O funcionamento dessa tecnologia é muito mais segura que qualquer outra forma de cozimento por calor, pois não há riscos de choques elétricos e como o fogão não aquece e não funciona sem uma panela sobre ele, reduz os riscos de queimaduras e incêndios. 

Fogão por indução: o que é, como funciona e quais são as vantagens e desvantagens em ter um

Um fato curioso é a demonstração do cubo de gelo: um cubo de gelo dentro de uma frigideira em uma superfície de indução se derrete e evapora, por outro lado, um cubo colocado diretamente sobre a superfície, permanece congelado. Isto demonstra que o calor é gerado no fundo da frigideira, não na vitrocerâmica do cooktop.

E qual a diferença entre o cooktop elétrico e o cooktop por indução?

Fisicamente, ambos são muito parecidos (os modelos vitrocerâmicos) e, de maneira geral, ambos são elétricos, pois necessitam de energia elétrica para funcionar. Mas a principal diferença está na maneira que estes dois eletrodomésticos funcionam.

Enquanto o cooktop por indução aquece através do campo eletromagnético gerado, o cooktop elétrico funciona através de resistência elétrica, tal qual um forno elétrico ou um chuveiro elétrico. Sendo asism, um cooktop elétrico aquece tudo ao seu redor, demora a esfriar e apresenta riscos de choques elétricos.
Fogão por indução: o que é, como funciona e quais são as vantagens e desvantagens em ter um
É fácil notar a diferença entre estes modelos quando eles estão ligados. A vitrocerâmica do cooktop por indução não altera sua cor quando está funcionando, enquanto que a vitrocerâmica do cooktop elétrico brilha com o vermelho forte irradiado pela resistência elétrica.

Uma das únicas vantagens dos fogões elétricos é o preço ser bem menor comparado aos de indução.

A instalação de um cooktop por indução é muito complicada?

Diferente do que se pode imaginar, é fácil instalar um cooktop por indução. E ao contrário do que muitas pessoas dizem, esses produtos não são apenas para cozinhas planejadas e móveis feitos sob medidas.

Para instalar um cooktop, você só precisa de uma bancada ou nicho no tamanho adequado ao modelo que deseja (com espessura entre 30 e 60 milímetros), totalmente plana e revestida com algum material resistente ao calor (qualquer tipo de pedra serve, como o mármore). O cooktop será parafusado nessa bancada e com um bom acabamento ficará perfeitamente integrado a ela. 

E como são aparelhos de alta potência, os cooktops por indução precisam, em alguns casos, serem ligados diretamente na rede elétrica, sem o uso de um plugue, e com uma fiação capaz de atender as especificações de potência do produto. Os manuais de instrução contêm essas informações elétricas, além de especificar sobre a distância que o aparelho precisa ficar da parede e de outros eletrodomésticos. Por isso, uma dica é consultar na internet o manual do produto antes de comprá-lo, a fim de planejar como será a instalação.

Vale lembrar que diferente de um fogão a gás, que é composto por forno e mesa, no cooktop você não terá um forno! Por isso, para quem deseja substituir o fogão a gás por um cooktop e não terá uma cozinha totalmente planejada com forno embutido, terá que estudar a compra de um forno elétrico de mesa, hoje em dia bem populares e vendidos em diversos tamanhos diferentes.

Fogão por indução: o que é, como funciona e quais são as vantagens e desvantagens em ter um

Contudo, caso embutir um cooktop num móvel seja inviável para você, existem modelos de mesa (também chamados de piso). Eles não necessitam de instalação, bastando apoiá-los sobre um móvel plano com uma tomada por perto. Geralmente esses modelos de mesa contam com apenas uma boca bem grande (como o que eu comprei), mas já vi a venda modelos de mesa com duas e três bocas.

Qual o custo de um cooktop por indução?

Sem dúvidas o maior problema de um cooktop por indução é o preço: eles custam em média duas vezes mais do que os modelos elétricos ou a gás.

Os modelos de mesa com apenas uma boca são mais acessíveis, por exemplo, o meu custou R$ 300,00. Os de mesa com mais bocas (2 ou 3) custam cerca de R$ 1.000,00.

Já os modelos de embutir custam entre R$ 1.500,00 a R$ 3.000,00, além dos eventuais custos de bancada e instalação.

E, além disso, você ainda terá que investir em um forno elétrico para poder ter uma cozinha funcional para o preparo de todos os tipos de pratos.

Consumo de energia

Enquanto um fogão a gás quase não consome energia elétrica, os cooktops por indução consomem muita energia elétrica, quase semelhante ao consumo de um chuveiro elétrico. Os modelos no mercado consomem em média entre 4 a 8 Kw/h. 

Mas calma, não é tão ruim como parece. Além da óbvia economia com gás, os cooktops por indução levam muito menos tempo para cozinhar um alimento. Calcula-se que o fogão à indução usa 90% da energia produzida, em comparação com 55% que utiliza o fogão à gás e 65% que usam os fogões elétricos. Assim, em cerca de dois minutos um litro de água já está fervendo, enquanto que no fogão a gás leva quase o dobro de tempo.

Fogão por indução: o que é, como funciona e quais são as vantagens e desvantagens em ter um

Com isso pode-se dizer que, apesar do consumo de energia ser elevado, um fogão por indução é mais econômico pois utiliza racionalmente e sem desperdícios toda a energia gerada.

As panelas para cooktops por indução

Se o preço de um cooktop por indução é o seu maior problema, as panelas são seu segundo maior problema. Basicamente esqueça usar panelas de alumínio, vidro, cobre e barro.

A panela ideal para fogão de indução são as panelas de ferro fundido, uma vez que apenas metais magnéticos como o ferro ativam o funcionamento do sistema de indução, que transforma a panela de ferro fundido em fonte de energia para cozimento dos alimentos. Ferro fundido esmaltado também funciona perfeitamente.

Fogão por indução: o que é, como funciona e quais são as vantagens e desvantagens em ter um

Outra boa escolha são as panelas de aço inoxidável, mas cuidado com as que têm camadas de alumínio, ela deve ser totalmente feita com aço inox para o perfeito funcionamento.

Como regra geral, quanto mais pesada e grossa for a panela e seu fundo plano e sem curvas, melhor ela irá aquecer.

Atualmente são vendidas panelas projetadas especificamente para cooktops por indução, na embalagem desses produtos você verá uma indicação sobre isso. Mas se as suas panelas atuais são feitas de ferro fundido ou aço inoxidável elas provavelmente vão funcionar.

Uma dica para saber se suas panelas irão funcionar: tente grudar um imã no fundo da panela, se grudar, ela provavelmente funcionará. Por isso, tenha um pequeno imã disponível quando for comprar panelas novas para usar no cooktop por indução, assim você faz um teste rápido para saber se determinada panela funcionará ou não.

Outro problema relacionada as panelas são as de pressão. É muito difícil encontrar uma panela de pressão que funcione por indução e, quando encontra, elas são caríssimas. Por este motivo que eu comprei uma panela elétrica de pressão.

E durante o uso é importante verificar se toda a área da panela está sobre a área de indução demarcada no cooktop, pois somente dentro na área demarcada ocorre o aquecimento da panela.

Disco de indução

Digamos que você tem uma panela de estimação linda e maravilhosa, mas que não funciona no seu cooktop por indução. O que fazer?

Felizmente existe uma solução para esses casos: basta que você tenha um disco de indução (ou disco difusor de calor). 

Um disco de indução é simplesmente um disco achatado de ferro fundido ou aço inox que aquece em contato com o fogão por indução. Uma vez que ele está aquecido, você coloca a sua panela tradicional em cima do disco e o calor se transferirá através do disco para a panela. Isto permite a você usar qualquer panela no seu cooktop de indução.

Fogão por indução: o que é, como funciona e quais são as vantagens e desvantagens em ter um

Estes discos são vendidos em casas especializadas na venda de panelas, mas você pode comprar um em qualquer serralheria, basta pedir para o serralheiro fundir um disco achatado de ferro no tamanho da boca de seu cooktop.

Usando um cooktop por indução

Posso afirmar que é muito melhor e mais fácil utilizar um cooktop por indução do que o tradicional fogão a gás. A começar pela segurança. 

Um botão trava o cooktop para impedir que crianças o liguem acidentalmente. Para destravar é necessário segurar este botão por cinco segundos, e, mesmo após ligado, o cooktop não funciona sem que uma panela compatível seja colocada sobre ele. O cooktop ficará apitando enquanto não reconhecer a panela, e, após um minuto sem ter uma panela sobre ele, desliga-se automaticamente. Pode colocar a mão, o pé, a boca, plástico, papel, madeira ou o que mais for, o cooktop só liga se reconhecer algum objeto ferromagnético. Esse sistema trás muita segurança no uso, pois o aparelho não aquece e evita que graves acidentes aconteçam.

Portanto, para ligar o cooktop basta destravá-lo, colocar uma panela ferromagnética sobre ele e selecionar a potência desejada, que no meu modelo vai de 1 a 6. Essa escala de potências é bem mais precisa do que a chama dos fogões a gás e permite controlar a temperatura da receita corretamente e de maneira muito mais fácil.

Em segundos a panela já está na temperatura desejada. O tempo de preparo de qualquer receita é consideravelmente menor do que nos fogões a gás. E assim que a panela é retirada do cooktop, em um minuto ele desliga-se automaticamente e, como ele não aquece, rapidamente já está completamente frio.

E nada de se preocupar se o leite derramar ou alguma coisa espirrar sobre a superfície de vidro. O cooktop é impermeável e a limpeza é muito fácil, basta passar um pano e pronto! Não há buracos, não há fendas, não há dificuldade! Nada gruda e em um minuto ele está limpo e brilhando novamente.

O único cuidado que o aparelho pede é na conservação do brilho e beleza da vitrocerâmica. Como qualquer superfície de vidro, a do cooktop risca facilmente. Por isso nada de arrastar panelas ou qualquer outro abrasivo sobre a vitrocerâmica do cooktop.

Além dessas facilidades, é possível ajustar um timer para que o cooktop desligue sozinho após certo tempo de uso, mesmo com a panela ainda sobre ele. Isso é bem útil para preparar receitas que não demandam muita atenção ou evitar esquecer alguma receita cozinhando tempo demais.

Vantagens de um fogão por indução
.
  • Controle preciso da temperatura: Como o controle de temperatura é totalmente digital, ele é muito mais preciso que qualquer outro tipo de fogão.
  • Aquecimento mais rápido e uniforme: Em um fogão por indução quase não há desperdício da energia gerada, além de ela se espalhar uniformemente por toda a área da panela. Com isso o aquecimento dos alimentos é muito mais rápido e eficiente.
  • Função timer: Uma função presente em todos os cooktops por indução é o timer, que permite programar um tempo para ele desligar sozinho, mesmo que a panela continue sobre a vitrocerâmica. Com isso evitamos o perigo de "esquecer a panela no fogo", bastando desde o início programar o tempo médio do preparo da receita.
  • Design limpo, bonito e racional: Não importa se o modelo é de mesa ou de embutir, os cooktops por indução são lindos. Esse design diferenciado embeleza a cozinha e facilita o uso.
  • Praticidade (apenas para os modelos de mesa): É muito bom poder usar o cooktop em qualquer lugar que tenha uma tomada, com isso ele pode ir diretamente para a mesa e manter um prato aquecido ou ir para o quintal, naquele churrasco de fim de semana.

Fogão por indução: o que é, como funciona e quais são as vantagens e desvantagens em ter um

  • Facilidade de limpeza: Qual outro fogão você pode enfiar debaixo da torneira? Ok, isto é válido apenas para os modelos de mesa, mas mesmo os modelos de embutir são muito fáceis de serem limpos (e igualmente impermeáveis). Como os cooktops são basicamente um vidro liso, basta uma esponja com detergente e em pano úmido para realizar uma boa e fácil limpeza.
  • Uso de energia limpa: Como não utiliza gás, não são lançados poluentes na atmosfera.
  • Segurança: Não existe possibilidade de vazamento de gás; O cooktop só aquece a panela, evitando riscos de queimaduras com fogo; Não há o risco de choque elétrico; Há circuitos que desligam o aparelho sozinho caso ele superaqueça ou apresente mal funcionamento; Todos os cooktops tem uma eficiente trava para impedir que crianças liguem acidentalmente; Ele só funciona em contato com uma panela apropriada, com isso não há o risco dele aquecer acidentalmente e queimar alguém ou provocar um incêndio.

Desvantagens de um fogão por indução

  • Preço: Fogões por indução custam pelo menos duas vezes mais caro que outros tipos de fogões.
  • Panelas: Fogões por indução funcionam apenas com panelas ferromagnéticas (ferro fundido ou aço inoxidável).

→ DESCUBRA MAIS ELETRÔNICOS QUE FACILITAM SUA VIDA

→ Quer comprar seu fogão com desconto? Clique aqui e pegue seu cupom de desconto para comprar nas Lojas Americanas!

19 comentários:

  1. aquecimento por indução não faz mal para saude?

    ResponderExcluir
  2. Não faz mal nenhum a saúde, é só um método de aquecimento.

    ResponderExcluir
  3. Informações bastante completas. Ótimo post. Parabéns!

    ResponderExcluir
  4. Tem um estudo de aluno da Unicamp comprovando que o custo de usar o fogão por indução é cerca de 8 vezes maior que o a gás. Na experiência, levou-se em consideração o custo para fazer ferver 500 ml de água.

    ResponderExcluir
  5. Interessante Gilberto. Se você ter algum link para este estudo por favor poste aqui para nos informar melhor.

    ResponderExcluir
  6. Ta ai http://sistemas.ib.unicamp.br/be310/index.php/be310/article/viewFile/367/293

    ResponderExcluir
  7. Ariel Fernando Elias Costa7 de março de 2015 22:17

    Estranho esse resultado do estudo, a água demorou mais tempo pra ferver no fogão de indução do que no à gás? Aí ficaria caro mesmo o consumo, com uma panela ferro ferve muito mais rápido que isso.

    ResponderExcluir
  8. na verdade os valores utlizados no custo do gás nao condiz com a realidade. segundo o artigo o metro cubico do gás custa R$3,53 e pesando 2,5kg / m3 um botjão custaria R$ 18,35 só que em minha cidade custa R$ 50,00. ou seja 2,5x mais caro que o noticiado

    ResponderExcluir
  9. Você poderia me dizer qual é sua frequência de uso e qual foi a diferença no valor cobrado na sua conta de luz?

    ResponderExcluir
  10. Você usa essa chapa difusora? Ela funciona bem ou faz demorar a esquentar a panela?

    ResponderExcluir
  11. Realmente Felipe, o artigo foi tendencioso e não utilizou valores coerentes com a realidade. Aqui em São Paulo o preço do botijão de gás já ultrapassou os R$ 50,00 em alguns lugares.

    ResponderExcluir
  12. Oi Lucas, eu uso umas quatro vezes por semana (cerca de 20~30 minutos em cada utilização) e minha conta subiu uns R$ 10,00 após a aquisição do fogão por indução.

    ResponderExcluir
  13. Não uso essa chapa, por isso não sei comentar sobre sua eficácia.

    ResponderExcluir
  14. Aquelas panelas de Inox com fundo triplo da Tramontina, funcionam neste cooktop?

    ResponderExcluir
  15. Adorei. Minhas dúvidas acabaram!!

    ResponderExcluir
  16. Nem sempre Fernando. Para ter certeza tente grudar um imã no fundo da panela, se ele grudar é porque funciona.

    ResponderExcluir
  17. meu querido você simplesmente conseguiu me vender um fogão (e eu nem gosto de cozinhar), muito claro teu texto e bem explicado, é dessa clareza que precisamos na hora de fazer compras de eletrodoméstico parabéns.

    ResponderExcluir
  18. Parabéns, eu tenho um igualzinho e não gasto dinheiro com gás e minha conta de luz vem super baixa. Portanto ele está aprovadíssimo. E por falar nas panelas arrumei panelas em Florianópolis esmaltadas a preços bem em conta. Fazemos tudo nele. Acho até que vou dar meu coocktop de presente, serve pra mais nada fazem dois anos.

    ResponderExcluir