Três itens que não podem faltar em sua próxima viagem

Sempre que eu viajo tenho a impressão que esqueci algo.

Abro a mala dez vezes para certificar que estou levando tudo que preciso. Quase TOC.

Roupas, chinelo, celular, câmera, cartão de memória, vouchers, carregadores, livro, guia... E nessa lista de miudezas há três coisas que eu considero essenciais e não podem ficar pra trás de jeito nenhum.

São eles: o adaptador de tomada universal, o porta dólar e uma câmera digital barata, resistente e a prova d'água.

Esses três itens simplificam a vida do viajante e evitam alguns perrengues quando estamos longe de casa. Descubra o porquê eles não podem ficar de fora da sua mala!

Adaptador de tomada universal

Você já parou para pensar em quantos padrões de tomadas existem no mundo?

E os carregadores que você possui? Quais os formatos das tomadas deles?

Três itens que não podem faltar em sua próxima viagem

Mesmo aqui no Brasil, que já a algum tempo adota um formato padrão, ainda temos vários equipamentos com tomadas em outro formato ou hotéis e lugares que não fornecem tomadas no padrão brasileiro.

Por isso ter um adaptador de tomada universal evita o maior problema do viajante moderno: não conseguir carregar a bateria de seus eletrônicos.

Três itens que não podem faltar em sua próxima viagem

Nada pior do que estar em um lugar lindo e descobrir que a bateria da câmera acabou e o carregador dela não é compatível com as tomadas do lugar. Começa então uma via-crúcis atrás de um simples adaptador. Perca de tempo e estresse à toa.

Esses adaptadores são baratos, custam entre R$ 10,00 e R$ 15,00, e tornam acessíveis as tomadas de qualquer lugar do mundo. Você os encontra à venda em supermercados, lojas de aeroportos, casas de materiais de construção e lojas que trabalham com equipamentos de eletricidade (ou na boa e velha internet).

Invista na compra de um desses, coloque na mala e nunca mais se preocupe com qual o padrão de tomadas do destino que você irá visitar.

Porta dólar / porta passaporte

Viajar não é perigoso. Desde que você não vá para Faixa de Gaza ou se embrenhe bem no meio de um país em guerra civil, você provavelmente estará tão seguro quanto está na sua cidade.
Claro que existem destinos com maior índice de criminalidade, e que turistas são alvo fácil para golpistas e ladrões. Contudo, nada de desanimar em viajar por medo. O que você precisa é ter atenção e alguns cuidados.
Algumas dicas são: não expor itens de valor, utilizar notas baixas no comércio, evitar trafegar em determinados horários por zonas vulneráveis de uma cidade e sempre andar com seus documentos e dinheiro em um porta dólar.

Você sabe o que é um porta dólar?

Três itens que não podem faltar em sua próxima viagem

Porta dólares / porta passaporte são pequenas pochetes feitas para se utilizar por baixo da roupa. Dentro deles você coloca seus documentos, dinheiro, vouchers, cartões... Nem pense em levar carteira ou bolsa quando você está viajando! Imagine o pesadelo de ter uma bolsa furtada durante uma viagem pela Europa, com o passaporte dentro dela!

Com essa pequena pochete, fica imperceptível notar que estamos carregando algo de valor, evitando o golpe mais comum aplicado a turistas: o furto!

O porta dólar é inclusive bem útil no dia-a-dia, quando vamos as compras com uma quantidade grande de dinheiro.

Existem diversos modelos disponíveis no mercado, desde os mais simples e baratos até os mais elaborados. Geralmente estão a venda nas lojas dos aeroportos e lojas com itens para viagens.

Independente de qual modelo você escolher, já saia de casa com tudo de valor dentro dele.

Câmera digital barata, boa, resistente e a prova d'água

Lendo o título acima você deve pensar: "Nossa, quantos adjetivos para uma câmera! E ainda por cima barata! Isso não existe!"

Pois existe sim!

Antes de tudo vamos entender a importância de ter uma câmera dessas. 

Fotos são as melhores lembranças que você trará de sua viagem, por isso é super importante ter uma câmera legal para isso.

Aí você pode dizer: "Mas meu celular hiper moderno tem uma câmera excelente e eu uso ele para fotografar quando viajo, e de quebra já posto no Facebook e faço inveja pros meus amigos." Concordo. O seu celular é a prova d'água resistente a quedas? O seu celular custa menos que 150 dólares?

Ou ainda, você pode pensar: "Eu adoro fotografia e tenho uma mega blaster câmera DSLR; eu uso ela para fotografar minha viagem e ter fotos excelentes do destino e poder fazer ainda mais inveja pros meus amigos". Concordo também, mas as mesmas perguntas se aplicam: Essa câmera é a prova d'água? Uma câmera DSLR é resistente a quedas? Ela custa menos que 150 dólares?

Três itens que não podem faltar em sua próxima viagem

Quando viajamos queremos tirar fotos em todos os lugares! Na praia, no rio, na montanha, na cidade, na neve, na piscina... Ter uma câmera a prova d'água vai permitir que você leve-a pra todo canto sem medo de molhar ou quebrar, e ainda por cima pode tirar fotos fantásticas dentro da água!

Alguns smartphones modernos já são bem resistentes, mas aí entra um segundo ponto: eles são caros! Como eu disse lá em cima, viajar não é perigoso, mas é preciso alguns cuidados e atenção. Ficar andando de bobeira com um celular ou câmera muito caros na mão pode ser um risco em determinados lugares, principalmente a noite. Por isso ter uma câmera barata diminuí consideravelmente os riscos.

E veja bem: não estou dizendo para você não levar seu celular ou sua câmera mais parruda na viagem, mas sim para que você tenha também uma câmera boa, barata e a prova d'água. Isso vai permitir que você não perca nenhum momento e não corra riscos de furto ou quebra de aparelhos bem mais caros. Vai passar um dia no parque aquático? Leve a câmera baratinha. Vai sair a noite e o lugar não parece muito seguro. Leve a câmera baratinha. Quer que seu sobrinho desastrado tire algumas fotos. Empreste para ele a câmera baratinha!

Ou seja, ela é um complemento para você ter uma viagem mais tranquila e cheia de recordações.

Dito tudo isto, você deve estar se perguntando: "Tá, mas qual câmera baratinha é essa?".

Três itens que não podem faltar em sua próxima viagem

A minha é a Sony TX-20, que custou 140 dólares, mas quase todos os grandes fabricantes já têm uma câmera dessas em suas linhas de produtos. Canon, Nikon, Pentax, Sony... Basta dar uma procurado no Tio Google por "câmera a prova d'água".

Geralmente há os modelos topo de linha e lançamentos do ano de cada fabricante, que custam bem mais caro. Recomendo que você pesquise modelos da geração passada (ou seja, do ano passado), pois são bem mais baratos e tão bom quantos. Também recomendo que você pesquise o preço em dólares, em lojas nos Estados Unidos (Amazon ou Best Buy), porque aqui no Brasil os preços não seguem lógica nenhuma e muitas vezes custam três ou quatro vezes mais que o preço praticado nos EUA.

Três itens que não podem faltar em sua próxima viagem

E falando de marcas e modelos de câmeras a prova d'água, existe também a famosa GoPro. Essa câmera é super compacta e muito resistente, sendo especialmente indicada para quem prática esportes de aventura e gosta de filmar (os vídeos feitos com ela são fantásticos). Há uma infinidade de acessórios para utilizar com as GoPro, permitindo utilizá-la em qualquer tipo de ambiente extremo. O preço contudo é um pouco maior que as câmeras a prova d'água mais simples, variando de 200 a 400 dólares conforme o modelo. [Observação importante: para as GoPro serem a prova d´'agua, é necessário colocá-las dentro de um case estanque que é fornecido junto com a câmera].

Voltando a minha Sony, eu gosto muito da TX-20. Ela é uma câmera compacta, leve, resistente a quedas e a prova d'água em mergulhos de até 10 metros. Já mergulhei com ela, deixei cair no chão, levei para a praia e a câmera resistiu muito bem a tudo.

A TX-20 tem resolução de 16 megapixels e zoom óptico de 4x. Ela faz fotos excelentes durante o dia e quebra o galho a noite. Não é perfeita, mas as fotos feitas com ela são melhores que as feitas com um smartphone. Ela filma em FullHD e produz vídeos com excelente qualidade de som e imagem.

O corpo da Tx-20 é todo vedado, por isso não é necessário nenhum case estanque. Ela possui somente dois botões físicos - o ligar e o disparador - todos os outros comandos são feitos na tela touchscreen. Isso não é muito prático para navegar por menus e alterar configurações, por isso deixo sempre no modo automático e com a tela bloqueada. Com a bateria cheia ela faz em média 200 fotos ou 50 minutos de filmagem.

Certamente é um bom investimento. Não é uma câmera perfeita e está longe de fazer fotos profissionais, mas ei, o que isso importa? Ela é barata e confiável, faz boas fotos e traz segurança para registrar os melhores momentos de nossas viagens.

E você? Tem mais algum item essencial para levar quando vai viajar?

→ Você gosta de economizar? Clique aqui e compre com desconto nas Lojas Americanas!

Um comentário:

  1. Eu não viajo sem meu inseticida elétrico, daqueles de pastilha. Já passei tantas noites lutando contra mosquitos que aprendi a não viajar mais sem!

    ResponderExcluir