Vale a pena ter uma máquina de fazer pão em casa?

Hummmm... Quem não gosta do cheiro de pão quentinho perfumando a casa? E acordar com um pão fresquinho e quentinho pra tomar café? A manteiga escorrendo no pão fumegante... É bom demais!

Foi com estes desejos que eu decidi: preciso de uma panificadora caseira!

Já tinha ouvido e lido vários relatos sobre as famigeradas máquinas de fazer pão. Alguns eram só elogios, outros só críticas e outros ainda dizendo que era um bom eletrodoméstico, mas que usaram duas vezes e abandonaram no fundo do armário.

Eu não queria entulhar minha cozinha com mais uma coisa que não ia ser útil, mas mesmo assim criei coragem e comprei.

Aproveitei uma promoção e consegui a Multi Pane da Britânia por R$ 150,00 (o preço médio é de R$ 250,00).

Vale a pena ter uma máquina de fazer pão em casa?

As marcas

E antes de tudo vamos falar de marcas. Alguns vão me condenar e dizer que eu estou errado, mas acredite: todas as máquinas de fazer pão vendidas no Brasil são iguais! Cadence, Oster, Britânia, Arno, Mondial... Não importa qual marca você escolha, o produto vai ser praticamente o mesmo. Não a toa, todas tem basicamente o mesmo formato e configuração. 

Portanto esta história que a Britânia bate melhor, a Cadence deixa o pão mais macio e a Mondial deixa o pão mais dourado não passa de lenda. O resultado de todas é muito parecido e pagar R$ 100,00 a mais pela marca X é besteira. 

E nenhuma máquina é perfeita. Seja pela assistência técnica precária do fabricante, seja pelos conhecidos erros de série que os produtos contém. Então vale mais a sorte e a reza na hora de comprar, para que tudo dê certo e você não tenha problemas.

Dito isto, fique sabendo: compre a máquina mais barata!

E só pra deixar claro, eu estou falando das máquinas vendidas aqui no país. Nos Estados Unidos encontramos muitos modelos e marcas que são verdadeiramente bem diferentes entre si.

O produto

Como eu disse, todas as máquinas são quase iguais e seguem a mesma configuração. Algumas podem ter a fôrma maior ou menor, ter uma ou duas pás para bater a massa, ter 12 ou 15 funções... Mas no fundo é tudo igual e fazem a mesma coisa.

Basicamente as máquinas tem um painel central em que é possível escolher o tamanho do pão (300 a 450 gramas e 600 a 900 gramas), a cor da casca (clara, média e escura), o tempo de preparo (timer) e a função.

Há ainda uma pequena janela para podermos ver o preparo e saídas de ar na tampa e no corpo da máquina. 

Geralmente são doze funções (também chamado de ciclos) e estas funções são padronizadas entre fabricantes. Pode haver uma ou outra diferença de nomes, mas as funções são sempre as mesmas. As funções vão desde o ciclo completo para fazer pão (com diferentes variações como pão integral e doce) até funções como apenas assar, apenas amassar e para fazer geleia.

Vale a pena ter uma máquina de fazer pão em casa?

A máquina possui uma fôrma com antiaderente muito bom e todas vêm com colher e copo medidores que devem ser usados sempre! Explico: diferente de fazer pão na mão, em que conseguimos verificar o ponto da massa, na máquina não há esta possibilidade, principalmente quando não estamos por perto e deixamos ela trabalhar sozinha. Por isso são necessárias receitas com medidas exatas e os medidores que acompanham a máquina auxiliam nesta tarefa.

As máquinas também vem com um livreto cheio de receitas, mas eu prefiro pesquisar receitas na internet para poder ler os comentários de quem já fez e evitar erros.

O uso

Facilidade é a palavra que define o ato de fazer pão em uma máquina. Basta acrescentar todos os ingredientes na fôrma, selecionar a função, o tamanho do pão, a cor de casca desejada e ligar. Pronto. Em cerca de três horas você terá um pão quentinho saindo do formo, ou melhor, da máquina.

Você pode achar que três horas é muito demorado. Porém, lembre-se que este é o tempo total que a máquina leva para sovar, descansar a massa, sovar de novo e assar.

Há ciclos de pães mais rápidos, como o ciclo ultra rápido que leva apenas 40 minutos para o pão ficar pronto. Mas eu não recomendo, pois a qualidade do pão nestes ciclos deixa a desejar.

A máquina faz um pouco de barulho, mas nada que seja inconveniente.

É claro que há alguns segredos e técnicas na utilização. Primeiro de tudo está na receita. É preciso ter receitas com medidas exatas para garantir o sucesso do seu pão. Deve-se também verificar a qualidade dos ingredientes, a ordem em que eles são colocados na máquina e a função correta para o tipo de pão.

Com o tempo ganha-se prática e os pães vão ficando cada vez melhores. Portanto, nada de desistir na primeira ou segunda tentativa errada.

Os pães em geral ficam deliciosos e com aquele gostinho de pão caseiro que nos faz salivar! Só não se engane: os pães não ficam iguais aos da padaria. Isto porque na padaria as técnicas, ingredientes e principalmente o forno são diferentes. Mas isso não quer dizer que os pães feitos na máquina de pão caseira são piores, só que são diferentes. Muitas pessoas acham inclusive que são os mais gostosos!

Vale a pena ter uma máquina de fazer pão em casa?

Além de pães, é possível fazer bolos, tortas, geleias e doces.

E acredite, apesar de não ser o foco, da até para fazer assados, arroz, macarrão e muitos outros pratos. Existe até livro e site de receitas malucas para se fazer numa máquina de pão.

Mas sabe o que eu achei fantástico em se fazer pão na máquina? Não suja quase nada! Não tem bagunça! Não tem farinha voando pela casa. Você usa apenas o copo e a colher medidores para colocar todos os ingredientes na máquina, fecha a tampa e pronto. Ela mistura, bate, amassa, descansa, sova, sova, sova, assa e no final a fôrma sai praticamente limpa! Não gruda nada.

A tampa da máquina nunca trava, então é possível abri-lá a qualquer momento (só não é recomendado fazer isto enquanto o pão cresce e assa). Com isso podemos (e devemos!) verificar o ponto da massa, acrescentando mais farinha ou líquido para que a massa atinja o ponto necessário, principalmente se estamos testando uma receita nova.

A máquina também permite que ingredientes sejam acrescentados na hora certa, como por exemplo um pão que leva frutas secas após estar amassado. Para isso ela emite três bips altos, avisando que está na hora correta de acrescentar ingredientes. Os mesmos bips são emitidos quando o pão termina de assar e é importante que você retire o pão imediatamente após assado, pois como a máquina e a fôrma estão bem quentes o pão continua assando mesmo depois de pronto, e se ele ficar dentro da máquina por muito tempo, ele tende a ficar mais seco e duro.

Função timer: o pão quentinho na hora certa

Este talvez seja o maior sonho de quem adquire uma máquina de fazer pão: acordar com o cheirinho de pão invadindo a casa.

A função timer nada mais é do que o retardo no tempo de preparo. Funciona assim: você coloca todos os ingredientes na máquina, tomando o cuidado de agrupar tudo no centro da fôrma e de não encostar o fermento em nenhum outro líquido. Após isto deve-se selecionar a função correta e o tempo para o pão ficar pronto vai aparecer no visor. Com as teclas "mais" e "menos" devemos aumentar este tempo que aparece para definir a hora em o que o pão deve ficar pronto.

Não entendeu? Parece complicado mas é simples: digamos que agora sejam dez da noite e você quer que o pão fique pronto ás sete da manhã. Faltam nove horas para o horário desejado. Você deve então apertar as teclas até que o visor aponte nove horas.

Vale a pena ter uma máquina de fazer pão em casa?

Portanto, você sempre definirá o horário que o pão deve estar pronto com base na hora atual, e não o horário que a máquina começará a trabalhar. A própria máquina encarrega-se do cálculo de quando tem que começar a fazer o pão. Você tem que se preocupar apenas em que hora quer ele pronto.

Em geral é possível selecionar o timer para até doze horas de antecedência. Não é possível retardar o tempo após a máquina já ter começado a fazer o pão. E fique atento: caso a energia elétrica seja interrompida, a máquina perde a programação e não volta a trabalhar quando a energia retorna, ou seja, você perderá o pão.

Não é recomendado fazer uma receita nova usando a função timer. Isto porque você não sabe se as medidas estão corretas e se a massa ficará no ponto certo. Por isso prefira receitas já testadas. E apesar de o leite e o ovo quase nunca estragarem em um espaço de tempo tão curto, prefira receitas que levam leite em pó e sem ovos.

E sempre programe seu pão para ficar pronto no horário em que você esteja presente para retirá-lo assim que ele ficar pronto, evitando que ele continue assando pelo calor interno da máquina.

Vantagens de uma panificadora caseira
• Facilidade de uso.
• Não faz muita sujeira ou bagunça.
• Não gasta muita energia elétrica.
• Pão quentinho a qualquer hora.
• Pão caseiro e mais saudável que os industrializados, feito do jeito que você gosta, sem conservantes e com açúcares e gorduras controlados.
• Possibilidade de fazer vários tipos diferentes de pães.
• Possibilidade de fazer bolos, tortas, doces e geleias.
• Pode-se apenas sovar o pão na máquina, modelando e assando no forno convencional.
Desvantagens de uma panificadora caseira
• É um aparelho grande e que ocupa um bom espaço na cozinha.
• Todos os pães ficam com o mesmo formato.
• É preciso ter receitas com medidas exatas ou ficar atento ao ponto da massa.
• Para melhor aproveitamento do produto é preciso aprender algumas técnicas.
• Tamanho dos pães limitados.
• Não é possível interromper e recomeçar o processo.
• Na função timer, se a energia for interrompida perde-se a programação e consequentemente o pão.
• Não fica igual aos pães de uma padaria.
Vale a pena ter uma máquina de fazer pão em casa?

Vale a pena ter uma?

Você consome pão semanalmente? Gosta do sabor de pães caseiros? Esta disposto a experimentar receitas novas?

Se você respondeu sim para essas três perguntas pode comprar uma panificadora caseira sem medo de ser feliz.

A máquina de fazer pão é um produto que têm muito mais vantagens do que desvantagens. Acordar com um pão quentinho é só uma das possibilidades que ela oferece. Com um pouco de prática e criatividade podemos fazer diferentes usos deste produto.

Eu fiquei muito feliz com a minha!

É um eletrodoméstico barato pela facilidade que ele oferece. Se você fizer 50 pães ao longo de um ano já valeu o investimento. E além disso faz bem para a saúde e o bolso, afinal custa pouco fazer um pão caseiro e eles não são cheios de gorduras, açúcares e conservantes. 

Eu não compro mais pães industrializados! Faço sempre um ou dois pães e consumo ao longo da semana. E posso fazer vários pães diferentes: salgados, doces, integrais, com grãos, com calabresa, de iogurte, de milho, com frutas... As possibilidades são enormes e você não enjoa.

E não esconda sua máquina no fundo do armário. Arranje um espaço para que ela fique a vista e você tenha estímulo para sempre fazer um pão fresquinho.

Como disseram Mary e George Bailey, em A Felicidade Não Se Compra:

"Pão, para que esta casa nunca conheça a fome. Sal, para que a vida sempre tenha sabor. E vinho, para que alegria e prosperidade reinem para sempre."

→ DESCUBRA MAIS ELETRÔNICOS QUE FACILITAM SUA VIDA

→ VEJA RECEITAS DE PÃES

→ Quer comprar sua máquina de fazer pão com desconto? Clique aqui e pegue seu cupom de desconto para comprar nas Lojas Americanas!

93 comentários:

  1. Sinceramente é dinheiro jogado fora.
    Comprei uma e é muito ruim.
    O pão só não assa como não cresce também!

    ResponderExcluir
  2. Que pena você não ter tido uma boa experiência. Já fiz vários pães diferentes e tive muitos sucessos.

    Certamente falta um pouco de prática e algumas dicas. Em breve vou escrever um post sobre como ter sucesso fazendo pão.

    Abraço!

    ResponderExcluir
  3. A minha é da Arno.
    O batedor do meio não sai e tem que assar o pão deste jeito que fica com um buraco no meio.

    ResponderExcluir
  4. Tenho a panificadora ha pelo menos uns 7anos e eu minha familia estamos satisfeitos. Os meus pães ficam sempre excelentes, sugiro fazer uma receita de rosca e depois da 2a sovada retira a massa e faça as trancas a seu jeito e deixe-as crescer e asse em forno convencional, já que na forma da maquina não permite assar tranças separadas e de tamanhos diferentes. Obs. as receitas de rosca busque-as na internet e faça na proporção para 400 grs de trigo para que não extrapole o espaço interno da máquina. Bjos e aproveitem as suas maquinas. Elieth.





    ResponderExcluir
  5. Boa tarde! Vc fala sobre medidas exatas.. onde posso encontrar essas medidas e saber quantos pães terei? Parabéns vc foi mto detalhista. Obrigada.

    ResponderExcluir
  6. Oi Renata! Quando digo medidas exatas, quero dizer que as receitas devem ser específicas para máquina de pão (aqui no blog tem algumas, no livro que vem com a máquina tem outras...) e você deve seguir as medidas, seja em copos, colheres ou pesos. Ou seja, aquela receita de pão que pede para ir acrescentando farinha aos poucos até chegar no ponto certo não funciona para este tipo de equipamento, a receita já deve ter as medidas exatas para lhe guiar.

    ResponderExcluir
  7. Bom dia! Entendi!!! Muito obrigada.

    ResponderExcluir
  8. Estava pesquisando sobre as panificadoras e descobri seu blog há alguns dias. Foi o empurraozinho que faltava para eu adquirir uma, pois em minha casa se consome pães diariamente. Como deu certo pra vc, também comprei a multi pane. Ontem. E fui direto testar. Adorei, nem acreditei que aquele pão caseiro fosse meu! Rsrsrs...
    Apenas algo que espero melhorar da próxima vez: achei que a casca ficou um pouco dura, talvez devesse ter esperado mais pra cortar... fiz a receita normal, como recomendado no manual para o primeiro uso. Mas meu objetivo é usa-la para pães integrais. Espero que fiquem bons também! Obs: também ouvi comentários de que a máquina seria barulhenta, mas não é. Abraços.

    ResponderExcluir
  9. Oi Louise! Muito obrigado pelo relato! Fico feliz que tenha gostado da sua máquina!


    Para ter pães com casca mais macia, siga estas três dicas:


    1 - Selecione a cor de casca clara ou média, nunca escura.


    2 - Retire o pão da máquina assim que ficar pronto e desinforme-o. Lembre-se que devido ao calor ele continua assando e consequentemente, ficando cascudo.


    3 - Assim que retirar o pão da fôrma, embrulhe ele em um pano de prato limpo ou sacola plástica limpa e espere dez minutos para comer. Este pequeno truque deixa a casca muito mais macia.


    Espero que você aproveite muito sua máquina! Abraço!

    ResponderExcluir
  10. Oiee..amei sua explicação e me empolquei ;)....vc poderia disponibilizar algumas receitas?? ;)

    ResponderExcluir
  11. vc já fez este post? daNDO todas dicas??? :)

    ResponderExcluir
  12. Oi Adriana, já postei algumas receitas aqui no blog, procure neste link: http://www.guardanapodepapel.com/p/receitas.html


    Abraço!

    ResponderExcluir
  13. Vc foi super pragmático ! Ajudou para caramba ! Estou pensando em comprar a máquina e seu post foi bem preciso. Obrigada

    ResponderExcluir
  14. Parabéns! Objetivo, claro e convincente. Obrigado por suas explicações que foram decisivas para comprar a máquina com o objetivo de uma alimentação mais saudável.

    ResponderExcluir
  15. Parabéns! Estava procurando posts que respondesse a minha pergunta (se vale a pena ter ou não) e aqui consegui encontrar todas as informações para basear a minha decisão. Obrigada por compartilhar conosco!

    ResponderExcluir
  16. Para quem gosta de pão caseiro é ótima. TEnho há quase dois anos e uso em média 2 vezes por semana. Gastava muito comprando pães integrais fabricados, e que nem sempre tem os ingredientes que eu gosto. O pães de farinha branca e até o bolo de chocolate também fazem muito sucesso por aqui. Concordo que os contras sejam: volume da máquina, sempre o mesmo formato do pão, e barulho (a minha me acorda, mas não acorda algumas pessoas) . Mesmo assim acho que vale MUITO a pena. Por enquanto ela fica em cima da mesa mesmo, p/ ter praticidade.

    ResponderExcluir
  17. E quanto ao consumo de energia? É econômica?

    ResponderExcluir
  18. O consumo varia conforma a marca, mas em geral é bem pouco. Eu uso toda semana e não vi alteração na conta de luz.

    ResponderExcluir
  19. Janaina Steller Garcia11 de setembro de 2014 16:16

    A Britânia não é boa! Já comprei dois modelos diferentes da marca e ambos apresentaram muitos problemas. Além de que a assistência técnica é ineficaz, pois ficam 20 dias(em média) com seu produto, devolvem ainda com desajustes e sempre com o aço interno amassado. Não comprem Britânia!

    ResponderExcluir
  20. Olá Gabriel! Quanto as máquinas vendidas nos Estados Unidos? Você cita que são diferentes, então qual recomendaria para compra? Estou pensando em comprar na Best Buy, mas teria alguma outra loja para indicar? Obrigada!

    ResponderExcluir
  21. Olá Gabriel vc já fez alguma experiência com preparo de pão sem gluten. Se positivo, deu certo e a receita. Abs

    ResponderExcluir
  22. Comprei a minha há duas semanas fiz vários pães, massas, até bolo. Só que com duas semanas de uso ela não bate mais a massa. Vou levar na assistência. Que decepção!

    ResponderExcluir
  23. Oi Margareth! Ainda não fiz nenhum pão sem gluten.

    ResponderExcluir
  24. Estive a pouco nos EUA e encontrei vários modelos na Best Buy, no Walmart e na HHGREG. Não sei lhe indicar uma marca ou modelo, mas procure por aqueles com mais funções que as das máquinas daqui.

    ResponderExcluir
  25. Oi Leila!


    Em qualquer máquina é possível retirar a massa para rechear e moldar. Após terminar de sovar, a máquina lhe avisa (com um bip) que a massa está pronto e começará a crescer. É nesse momento que, se a pessoa quiser, pode retirar a massa para dar outro formato ou recheá-la, assando no forno convencional.

    ResponderExcluir
  26. Comprei um dinossauro desses da bri.... no segundo dia que fui fazer pão no time para ficar pronto as seis da manhã, acordei com aquele fedo de queimado o pão torrou ea cabeça de dinossauro deformou o plastico e estava dando uns estralos! Puxei aquele diabo com o pão que o capeta amassou e joguei no meio do terrero! Nunca mais compro estas porcarias no Brasil aqui só tem coisa podre.

    ResponderExcluir
  27. Comprei um dinossauro desses da bri.... no segundo dia que fui fazer pão no time para ficar pronto as seis da manhã, acordei com aquele fedo de queimado o pão torrou ea cabeça de dinossauro deformou o plastico e estava dando uns estralos! Puxei aquele diabo com o pão que o capeta amassou e joguei no meio do terrero! Nunca mais compro estas porcarias no Brasil aqui só tem coisa podre.

    ResponderExcluir
  28. Compre um cilindro manual que vc modela!

    ResponderExcluir
  29. Utilize função comer pão que o capeta amassou !

    ResponderExcluir
  30. Medidor de cachaça pinguça ! Olha o tamanho da maquina! Não caberá mais que um cascão duro! Ou tá pensando que vem com padero dentro ?kkkkk

    ResponderExcluir
  31. Gente o mundo ta acabando! Tem gente dizendo que faz pão com os glúteos e sem os glúteos!!! Com máquinas e glúteos o pão vai virar uma verdadeira merda!

    ResponderExcluir
  32. Ola , a sua panificadora esta durando , qual e a marca

    ResponderExcluir
  33. A minha da britania eh perfeita!!! Eh so seguir o modo de preparo correto
    Faco no timer todos os diassssssssss 300g!
    Nem na primeira vez deu errado
    Hahaha
    Pontooooooo!

    ResponderExcluir
  34. Por que você mora aqui no Brasil? Certamente deve ser se Minas Gerais...

    ResponderExcluir
  35. Mas que cara mais mal amado!!! Ou deve viver no era medieval, quando estas coisas não existiam...

    ResponderExcluir
  36. Essa miséria só poder um dono de padaria pra não gostar desta maquina, todas as pessoas que conheço sempre falam bem da maquina por isso estou pesquisando sobre ela, mas esta miseria só vive na miséria mesmo e prefere comer o pão que o diabo amassou.

    ResponderExcluir
  37. Boa noite! Acabei de comprar um máquina e estou fazendo meu primeiro pão. Aquele batedor do meio é necessário retirar? Em qual momento devo realizar essa ação?
    Obrigado!

    ResponderExcluir
  38. Não precisa retirar. O pão assa com o batedor encaixado e na hora de desenformar você retira o batedor.

    ResponderExcluir
  39. A máquina é legal e funcional. Mas tem q seguir à risca as receitas. Pão rápido e ultra rápido não existem, nem tente fazer, pois o pão naturalmente demora para crescer. Faça o pão francês, colonial, de leite tbm, são ótimos. Faça a massa para pizza ou use ela para uma torta salgada, fica ótima e com sujeira zero. Dica: para o pão ficar mais fofo, comece o ciclo e deixe ela bater a massa sem fermento por uns 5-10min. Desligue a máquina, inicie novamente e adicione o fermento aos poucos. Use tudo fresco, nada de farinha velha. Use fermento em sachês individuais.

    ResponderExcluir
  40. Adriana não entendi porque julgou que a pessoa com apelido de miséria fosse de Minas Gerais? Minas Gerais é um estado de pessoas capacitadas, inteligentes, trabalhadoras, não sei de onde vc é mas deve ser um paraíso. Portanto minha querida não julgue as pessoas de um lugar que provavelmente vc nem conheça, apenas pelo um comentário infeliz . Reflita e seja feliz!!!!!

    ResponderExcluir
  41. queria eu ser de minas gerais, terra boa!

    ResponderExcluir
  42. Comprei um máquina no Natal, usei ontem pela primeira vez. Fiz pão com farinha de arroz integral como sempre faço no forno, o que ocorreu é que o pão ficou com o meio oco, bem na parte que a pá de bater roda. Alguém sabe me dizer qual o problema, se é a massa que está muito seca ou mole. Usei o ciclo 3 indicado para massa integral e ficou na máquina por cerca de 3:40hrs. Alguém com experiência pode me dar conselhos?

    ResponderExcluir
  43. Muito bom texto, bem escrito e inspirador, vamos comprar uma também!

    ResponderExcluir
  44. MEU DEUS, ESTOU CHORANDO DE RIR ATÉ AGORA......VOU MIJAR NAS CALÇAS.

    ResponderExcluir
  45. Programei errado e agora???

    ResponderExcluir
  46. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk........que engraçado!!!!kkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  47. Adriana, seria muito pior se você fosse de Minas Gerais. Pessoas como você - mesquinhas, merecem desprezo.

    ResponderExcluir
  48. tenta colocar uma ou 2 colheres de sopa de manteiga

    ResponderExcluir
  49. Basta desligar a máquina e ligar novamente.

    ResponderExcluir
  50. Por favor preciso de sua opinião. Sou celíaca, e tenho que fazer pao em casa. Essa máquina é boa ora fazer pães sem glutem

    ResponderExcluir
  51. Angela Suzana Xavier17 de fevereiro de 2015 18:33

    Caro, que tal dar receitas ou indicar onde encontrar receitasque dão certo!!!

    ResponderExcluir
  52. Oi! Já postei aqui no blog algumas receitas, veja neste link: http://www.guardanapodepapel.com/search/label/P%C3%A3o

    ResponderExcluir
  53. A máquina é boa para eliminar o esforço de amassar o pão na mão. Ou seja, não importa se o pão tem ou não glutem, mas sim se você quer ou não diminuir seu esforço.

    ResponderExcluir
  54. gostei muito do texto e vou passar a acompanhar o blog, mas sera que não sairia mais caro fazer o pão em casa? e acho que pra mim tem que ser quase um pão por dia! kkkk

    ResponderExcluir
  55. Oi Ferraro! Acho que o valor sai quase o mesmo que comprar, mas fazendo em casa podemos escolher melhores ingredientes e fazer receitas diferentes.

    ResponderExcluir
  56. Tem uma maquina desta aqui em casa á três anos e nunca foi usada kkkk

    ResponderExcluir
  57. Não vivo mais sem esta máquina! Como sigo uma alimentação natural, faço os pães do meu geito.
    Quer dizer, sigo as receitas do livre, mas substituo os ingredientes! E ainda acrescento uva passa, aveia, nozes ou castanha.. enfim, mil vezes melhor que comprar aqueles pães cheios de conservantes do mercado!

    ResponderExcluir
  58. Oh Gustavo... que triste! É 220 volts? Se for, quer vende-la?

    ResponderExcluir
  59. Tenho dezenas de receitas de pão. Posso usar receitas comuns na máquina de pão?

    ResponderExcluir
  60. Cadence é horrível! Detestei! Barulhenta, fui inventar de programar o time para acordar com pão quentinho e que decepção!!! Ao sovar a massa parece que vai quebrar a máquina e faz muito barulho! Desisti, péssima!

    ResponderExcluir
  61. Alguém sabe informar se o consumo de energia elétrica da máquina foi expressivo na fatura de energia?

    ResponderExcluir
  62. Oi Luana!


    Faço pão uma vez por semana e não percebi nenhuma alteração na conta. Já li relatos de pessoas que fazem pão todo dia e a conta subiu só R$ 5,00.

    ResponderExcluir
  63. Oi! Pode usar na máquina sim, mas fique atenta ao ponto da massa, por isso nada de programar e sair de perto até ter certeza que dará o ponto certo.

    ResponderExcluir
  64. Quer vender? ou trocar por um relogio diesel novinho na caixa? é 110 w? em que região vc está? estou em SP - guarulhos!

    ResponderExcluir
  65. Tenho uma britania há 3 anos, uso semanalmente, portanto mais de 150 vezes, funciona super bem, só tive que colar a forma na parte de baixo móvel que desencaixou, estou agora fazendo pães sem glúten. Li em um blog há anos atrás um técnico afirmando que o mecanismo da britania era bom, comparado com outra marca (esqueci). Ele disse que elas parecem iguais mas as peças por dentro são diferentes.

    ResponderExcluir
  66. Tenho uma britania há 3 anos, uso semanalmente, portanto mais de 150 vezes, funciona super bem, só tive que colar a forma na parte de baixo móvel que desencaixou, estou fazendo pães sem glúten. Li em um blog há anos atrás um técnico afirmando que o mecanismo da britania era bom, comparado com outra marca (esqueci). Ele disse que elas parecem iguais mas as peças por dentro são diferentes.

    ResponderExcluir
  67. Inocente da Silva16 de abril de 2015 17:25

    Faço pães em casa, sovando a massa com as mãos e jamais trocaria o meu talento por uma máquina dessas. Eu coloco amor em meus pães, que são transmitidos por minhas mãos.

    ResponderExcluir
  68. Guest, quer trocar à maquina por um exaustor 4 bocas, esta funcionando perfeitamente, posso enviar foto

    ResponderExcluir
  69. Estou chorando de tanto rir........Muito engraçado esse miséria.

    ResponderExcluir
  70. Parabéns pela dica, gostei muito.

    ResponderExcluir
  71. Ferraro, pode até sair um pouco mais caro, mas a qualidade do pão que vc faz, não tem nem comparação. Esses pães de fôrma integrais que se compra em supermercado, me dá a impressão que estou comendo papelão. Já o pão integral feito na máquina, fica uma delícia! O perigo é a gente querer comer muito mais.....rs.

    ResponderExcluir
  72. Miséria, vc é muito engraçado! As pessoas estão levando vc a sério e vc apenas brinca com as coisas que te acontecem. Sagitarianos e Geminianos são assim, sempre brincando com tudo. Gosto de gente assim!

    ResponderExcluir
  73. Verdade, sem contar que o do mercado as "vezes" pareci que não tem nada do que diz na embalagem, sem contar que qualquer adição de grãos ou algo assim o preço da um salto terrível hehehehe.

    ResponderExcluir
  74. Esse foi o melhor post que eu achei na internet sobre a panificadora, estou louca pra compra a minha, a casas bahia e o ponto frio estão com uma promoção otima porém não disponivel para entrega em sao paulo.. Agora é esperar !!

    ResponderExcluir
  75. Miriam Leite Garcia11 de maio de 2015 00:44

    Gostei muito das colocações. Ando procurando na internet o manual da minha panificadora, que comprei num free shop e está em inglês, não entendo, mas não sei qual a origem. A embalagem já foi para reciclagem. Chama-se Vision.

    ResponderExcluir
  76. Oi Inocente! É muito bom fazer nossos pães com dedicação e carinho, mas nem sempre tenho tempo para isso (igual a muitas outras pessoas), e a máquina auxilia nesse processo de sovar a massa. Certamente é melhor utilizar o auxilio da máquina do que não comer pão ou ter que comprar ele industrializado.

    ResponderExcluir
  77. troca por um juicer mondial na caixa

    ResponderExcluir
  78. Sem contar a incrível sensação de comer um pão quentinho.

    ResponderExcluir
  79. Laercio Ari Kerber1 de junho de 2015 09:12

    Gostei da avaliação.
    Vou comprar uma panificadora.

    ResponderExcluir
  80. BOM DIA. VC SABE INFORMAR SE DÁ P/BATER MASSA DE BOLO???

    ResponderExcluir
  81. Miriam Leite Garcia, já conseguiu o manual em português? Se quiser posso traduzir para você.

    ResponderExcluir
  82. Miriam Leite Garcia13 de junho de 2015 21:21

    Estou usando o manual da Britania, está quebrando o galho. Creio que as funções basicas sejamos mesmas.

    ResponderExcluir
  83. Qual a marca q vc comprou. Quero mto uma, mas dei uma olhadinha no reclame aqui e nenhuma marca tem elogios.

    ResponderExcluir
  84. Ramon Vasconcellos12 de julho de 2015 14:40

    gostei do texto!!!!! vou comprar uma, mas que tenha timer!!!

    ResponderExcluir
  85. bom dia!! Voce ja tentou fazer pao com farinha sem gluten?

    ResponderExcluir
  86. Tb gostaria de saber se vc já fez o pão com farinha de glúten... estou fazendo dieta Dukan e costumo fazer esse pão, mas não aguento mais sovar à mão?
    Com relação ao formato do pão, é possível programar a máquina apenas para misturar, sovar e descansar e posteriormente modelar os pães e assar no forno tradicional? Desculpe tantas perguntas, mas antes de comprar gostaria de saber esses detalhes...

    ResponderExcluir
  87. Lilian, eu tenho uma panificadora caseira bem similar, só não é Britania, mas há essa possibilidade sim!

    ResponderExcluir
  88. Oi Lilian! Eu nunca utilizei farinha sem glúten, mas tudo é uma questão de testar e adaptar receitas.


    Sobre a moldar os pães, todas as máquinas tem a função "massa" ou "amassar", em que você coloca os ingredientes e a máquina sova a massa. É só esperar terminar o ciclo, moldar a massa da sua maneira e assar no forno convencional.

    ResponderExcluir
  89. Oi! Eu nunca utilizei farinha sem glúten, mas tudo é uma questão de testar e adaptar receitas.

    ResponderExcluir
  90. Obrigada. Quando fizer te conto.

    Ser Feminina
    www.elo7.com.br/serfeminina
    19 9 91612680
    Em 20/07/2015 16:49, "Disqus" escreveu:

    ResponderExcluir
  91. Boa tarde a todos. Valeu Gabriel por todas essas informações úteis e mais as receitas. Obrigado.

    ResponderExcluir