Praia do Espelho (Bahia): Tudo que você precisa saber antes de ir

Se você vai para Porto Seguro e/ou Arraial d'Ajuda com certeza terá indicação de alguém para conhecer a Praia do Espelho. Não é para menos.

Considerada uma das dez mais belas praias do Brasil, a Praia do Espelho localiza-se entre os distritos de Trancoso e Caraíva. A praia tem o mar naquele tom azul claro lindo, com poucas ondas e é emoldurada por coqueiros em quase toda sua extensão. Um sonho nas fotos. E são muitas fotos! Propaganda não falta sobre esta praia. Ela é famosa por suas piscinas naturais que se formam na maré baixa, o chamado espelho d'água, que dá nome a praia. O mar fica parado e você pode caminhar pela água transparente apreciando este espetáculo exótico. Dá até pra ver os corais e os peixinhos a olho nu!

Praia do Espelho (Bahia): Tudo que você precisa saber antes de ir

Contudo nem tudo é um sonho. A Praia do Espelho pode decepcionar, principalmente quando a expectativa for grande.

Eu sou uma das pessoas que se decepcionaram, e olha que nem estava com muita expectativa.

A praia é linda sim, isso não tem como negar. Mas a dificuldade no acesso, a infra-estrutura oferecida, os preços abusivos, o guia da agência que não te orienta corretamente e o espelho d'água que não se forma frustaram meu passeio.

Eis aqui meus conselhos e dicas para você que pretende visitar a Praia do Espelho (e não se frustar com o passeio).

Quando ir?

Se você quer ver formarem-se piscinas naturais no mar é fundamental saber quando ir à Praia do Espelho. E nenhum guia ou agência de turismo irá lhe dar esta informação. Tudo que irão lhe mostrar são fotos deslumbrantes com pessoas caminhando e se divertindo bem no meio do mar, e você pensa: "Eu quero fazer igual!".

Vamos lá.

O famoso espelho d'água só se forma na maré baixíssima, quando a água fica represada nos recifes, formando aquários por cerca de três ou quatro horas. Mas isto não acontece em todos os horários ou todos os dias.

Saber quando a maré estará baixa é uma ciência. Fatores como as fases da lua e as condições climáticas influenciam. E todos os dias o horário da maré baixa muda. Não pretendo me alongar neste assunto, sugiro a leitura de dois artigos feitos pelo site Viaje na Viagem: Piscinas naturais: 7 dicas para não perder a viagem e Passo a passo: como usar a tábua das marés. Este último link ensina como usar a tábua das marés, uma importante ferramenta para determinar o horário da maré mais baixa e mais alta ao longo do dia.

Dicas gerais:
Só vá se o dia estiver ensolarado. É furada total ir com o tempo nublado ou com chuva. A transparência da piscina depende do sol alto. 
O nível da água muda conforme as fases lunares. Nas luas cheia e nova o movimento das marés é mais radical. Já nas luas crescente e minguante a diferença entre as marés é pouca; os nordestinos chamam este fenômeno de “maré morta”. A visita às piscinas naturais fica bem menos impressionante nesta época. Faça o passeio das piscinas numa maré baixa em época de lua cheia ou nova. 
Aprenda a usar a tábua das marés e programe seu passeio para os dias em que a maré baixa atingir níveis entre 0,1 e 0,3.
Como ir?

Existem basicamente duas possibilidades: ir por conta própria de carro (próprio ou alugado) ou ir em excursão por uma agência de turismo.

Meu conselho: não vá por conta própria! Se estiver com o carro próprio principalmente! A estrada é horrível, com longo trecho de terra, cheia de lama e buracos. Você terá dor de cabeça para chegar e destruirá seu carro.

E alugar um carro para ir, não vale a pena?

Também acho que não. Pensando no lado econômico: O custo do aluguel do carro por um dia fica em torno de R$ 80,00. Coloque mais R$ 40,00 de gasolina e R$ 15,00 de estacionamento, você gasta no mínimo R$ 135,00 para chegar. Para um grupo de quatro pessoas o gasto é menor do que ir por agência de turismo, mas os problemas são grandes. A estrada é ruim e mal sinalizada, o GPS não traça a rota certa e as chances de se perder são grandes. Não são poucos os relatos de pessoas que levaram mais de três horas para chegar a Praia do Espelho, numa viagem que normalmente gasta-se duas horas. Fora os perigos da estrada e as chances do carro quebrar. Ah, e se tiver chovido dias antes, alguns trechos da estrada de terra ficam muito difíceis para um carro normal atravessar. Tem que ter muito espírito aventureiro para encarar.

As agências de turismo cobram R$ 50,00 por pessoa para ir a Praia do Espelho. O guia pega seu grupo cedo no hotel (oito horas da manhã) e segue para a praia em uma viagem que leva cerca de duas horas. Chegando, o acesso a praia é feito por uma pousada. O guia lhe apresenta o local e sua volta é marcada para as três da tarde.

O passeio por agência, apesar de ser mais caro para grupos do que ir por conta própria, trás mais segurança. O único problema é que você tem horário pré-determinado para voltar, e isso é péssimo, pois pode ser que você queira ficar duas horinhas e ir embora como pode ser que você queira ver o por-do-sol. Nenhum dos dois é possível quando estamos em excursão. Mas ainda assim, para chegar a Praia do Espelho, não recomendo ir por conta própria.

O que levar?

Ainda vamos falar sobre a infra-estrutura e os preços abusivos do local, mas já quero preparar você: leve tudo que puder! Não tenha vergonha e leve uma sacola térmica com frutas, água, refrigerante, cerveja, petiscos e lanches. Não sou muito adepto deste estilo de levar tudo de casa (ou do hotel), mas na Praia do Espelho isto se faz mais que necessário, já já explico o porquê.

Praia do Espelho (Bahia): Tudo que você precisa saber antes de ir

O que esperar?

A praia, como já dito, é linda. Se é uma das dez mais bonitas do Brasil eu não sei, mas que é muito bonita é.

A praia não é grande e você pode caminhar por toda sua extensão em trinta minutos. A areia da praia é negra e dura, boa para andar. Um rio corta certo trecho da praia, com a água doce encontrando a água salgada do mar. Diversos coqueiros fazem sombra em toda sua extensão.

Não é uma praia vazia, sempre tem muita excursão chegando, mas não fica cheia a ponto de incomodar. É fácil encontrar um canto sossegado para relaxar.

Praia do Espelho (Bahia): Tudo que você precisa saber antes de ir

O mar é calmo, independente do nível da maré.

Sobre o espelho d'água, se você fez sua lição de casa e foi na maré baixa e deu sorte com os horários certamente irá encontrar. Já se você fez como eu e só pesquisou estas coisas quando voltou pra casa, não verá piscina natural nenhuma.

De todo modo, é um lugar deslumbrante e que rende boas fotos.

A infra-estrutura e os preços na Praia do Espelho

Este é o grande problema. Há na Praia do Espelho três ou quatro pousadas que fornecem serviços para os turistas: banheiros, duchas, cadeiras, espreguiçadeiras e restaurantes.

Para usar tudo que a pousada oferece (externamente) é necessário consumir no local, e aí começa o problema. Todas cobram consumação mínima (que é proibido por lei, diga-se de passagem) e o preço de tudo é três vezes mais caro que o normal.

Não há na Praia do Espelho duchas ou banheiros públicos. Não tem estrutura nenhuma pública.

Indo por agência, o guia irá lhe apresentará apenas uma destas pousadas (aquela que deve pagar uma comissão a ele) e você se sentirá meio que obrigado a ficar no local, mesmo sem ser. Mas nem adianta querer ir procurar, todas tem praticamente o mesmo preço e servem as mesmas coisas.

Praia do Espelho (Bahia): Tudo que você precisa saber antes de ir

O preço da consumação mínima é de R$ 40,00, por pessoa.

Veja bem, eu não acho errado a pousada ganhar por você utilizar o espaço deles (cadeiras, banheiro, duchas...). Mas é abusivo estabelecer consumação mínima, principalmente com os preços que eles praticam. Seria muito melhor se eles cobrassem um valor de uso, sem obrigar o turista a ser um idiota consumindo itens por um preço absurdo.

O preço? Cinco reais uma água de coco (R$ 2,00 no centro de Arraial). Seis reais uma cerveja long neck (R$ 2,50 no centro de arraial). Cento e quarenta reais uma moqueca para duas pessoas (R$ 50,00 no centro de Arraial). Noventa reais uma porção (pequena) de camarão (R$ 30,00 no centro de Arraial). E por ai vai...

O atendimento é ruim.

E não adianta reclamar. Você já esta ali, não tem como voltar e certamente irá precisar usar a ducha, o banheiro, a cadeira, a mesa para deixar seus pertences... Pense que indo por excursão você chegou a praia umas dez horas da manhã e só vai voltar as três da tarde.

Por isso lá atrás falei sobre o que levar. Tente consumir apenas o limite imposto pelo local. Beba a cerveja que você levou e coma o lanche que você fez. Assim você diminui consideravelmente seus gastos e pode usar a vontade todo o local.

Praia do Espelho (Bahia): Tudo que você precisa saber antes de ir

Minhas impressões sobre a Praia do Espelho

Eu não gostei! Encontrei mais pontos negativos do que a beleza da praia é capaz de compensar.

A começar pela ida. A viagem (a partir do centro de Arraial d'Ajuda) é muito longa. São duas horas para ir e duas para voltar em uma estrada péssima e sem nada para ver. Foi torturante ficar no chacoalhar do carro todo esse tempo e quando enfim voltei para hotel, percebi que havia perdido meu dia.

O local não tem estrutura nenhuma e eu me senti um idiota pagando seis reais em uma lata de cerveja.

A praia, apesar de bonita, não é muito diferente de outras lindas praias de Porto Seguro, como a Praia da Coroa Vermelha e a Praia de Taípe.

E eu não encontrei espelho d'água nenhum! Ok, faltou pesquisa e programação de minha parte. Mas tem que ter muita sorte e paciência em montar um roteiro que calhe a data da viagem, com a fase da lua correta, com o passeio para a praia no dia correto e na hora correta. É muita ciência pro meu gosto. Algumas pessoas me contaram que já foram mais de uma vez, em épocas diferentes e em nenhuma visita encontraram espelho!

Parte da culpa é da agência de turismo. É revoltante a forma como as agências enganam os turistas com fotos perfeitas das piscinas naturais e falta de informações importantes.

Ou seja, ir na expectativa de ver os espelhos que dão nome a praia pode ser frustrante.

Praia do Espelho (Bahia): Tudo que você precisa saber antes de ir

Então é um passeio que não vale a pena?

De jeito nenhum vou dizer para você não ir a Praia do Espelho. Acredito que qualquer destino vale a visita. Suas impressões podem ser diferentes das minhas.

Vá principalmente se você ter tempo de sobra. Mas planeje bem, saiba que você perderá um dia, gastará mais que o normal e pode não encontrar espelho nenhum.

Espero que quando for, você tenha mais sorte do que eu.

→ SAIBA MAIS SOBRE ARRAIAL D'AJUDA E PORTO SEGURO

→ Você gosta de economizar? Clique aqui e compre com desconto nas Lojas Americanas!

12 comentários:

  1. Lega seu texto Gabriel
    Também já fui pra Praia do Espelho BA, quando fui sai de Porto Seguro co um carro alugado, atravessamos de balça para Arraia d´ajuda e seguimos para Praia do Espelho, estava apenas eu e minha namorada. Por varias vezes achei no nos tínhamos nos perdidos,o caminho é longo, e são estradinhas de areia batida sem sinalização e de péssima manutenção. Porém quando chegamos fiquei encantado com a praia, a mais linda q ja vi mesmo. Mesmo não vendo o famoso espelho, pagando um preço caro nas comidas, acredito que esse longo passeio que fizemos compensou. Quero um dia voltar pra lá. Abraço cara.
    Robert

    ResponderExcluir
  2. Concordo contigo com relação aos preços e à distância do local. Porém, eu e meu marido fomos em carro alugado e apesar de tudo achamos que o trecho valeu a pena. A viagem a dois é muito mais interessante e divertida do que passeios com excursões. Abraço.

    ResponderExcluir
  3. Olá!!!!

    Estou planejando minha viagem para trancoso em para abril de 2014 18 a 23.
    Acho que vou pegar uma boa fase da maré pois dia 25 sera lua cheia mas enfim, depois de ler muitos comentários sobre este problema, eu decidi me hospedar lá! Vou ficar três dias na pousada enseada do espelho que esta com uma avaliação muito board todos os sites de turismo.
    Mas acho que o legal dessa praia seja isso, o isolamento!!!
    Nao um passeio de um dia!
    Por isso que quando estava verificando o que se tem para fazer em trancoso, eu decidi ficar por lá e depois ir para uma outra pousada próximo do quadrado.
    Ah outra dica
    Vamos boicotar as agencias de viagem!!!!
    Viagem com guia nao da! So quando for muito de supetão!

    ResponderExcluir
  4. Legal, acabei de decidir que dessa vez não vou à praia do espelho. Já ouvi falar isso tudo que você contou, mas resolvi pesquisar aqui na net para ter certeza. Enfim, meus dias aqui serão breve e não vou perder um dia para esta aventura. Quem sabe da próxima vez.... valeu!!

    ResponderExcluir
  5. Juliana, o que achou da estrada de terra? dá prá encarar?quanto tempo de arraial?

    ResponderExcluir
  6. A estrada é bem ruim, mas se não chover fica ok para ir. Agora se chover um dia antes não vá! Certamente ela ficará cheia de barro e o carro irá atolar.


    Quando eu fui eu não almocei, achei os preços absurdos. Um prato simples para duas pessoas custa cerca de R$ 100,00.


    Abraço!

    ResponderExcluir
  7. Só essas fotos aí já deixa o camarada de queixo caído, louco pra tirar umas férias, hehehe, ficar olhando esses blogues de turismo enquanto se está no trabalho duro não é uma boa ideia, o cara pode surtar hehehe!

    Abraços
    http://www.bloginteligente.com.br/hotelviagem

    ResponderExcluir
  8. Ainda bem que a estrada e horrivel e os preços são altos, si não a praia ja era destruido a muito tempo pelos turistos de cvc que so fazem farofa e deixem o lugar sujo ...

    Melhor coisa de e se juntar com alguns pessoas e alugar um taxi para o dia. Fizemos isso e o taxista agendou para nos o melhor dia para visitar a Praia do Espelho, nada de tirar aproveito do turista! Não tem risco de atolar, de perder o caminho e principalmente muito mais conforto e flexibilade nos horarios!
    Nos contratamos a empresa Taxi Porto: www.taxiportoseguro.net . Muito bom, seriviço nota 10!

    Beijos, Lais

    ResponderExcluir
  9. Só para acrescentar, vejam a tábua de maré no dia anterior e coloquem o pé na estrada com um carro 4 d4
    Vai se diversão garantida

    ResponderExcluir
  10. Já fui em Trancoso dois anos seguidos, e nunca quis ir a praia do espelho aconselhado pelos nativos que conheço lá.... tudo isso descrito no texto eles me informaram. Sugiro a praia do rio da barra... do vereador de porto seguro Bené... gente bacana... e posso falar com propriedade que a praia é espetacular!!! Praia do Taípe... maravilhosa, praia dos coqueiros, nativos... nús... e quem quiser ir até arraial, não deixe de ir a praia da Pitinga... top das top....

    ResponderExcluir
  11. Tudo que você disse está certíssimo.Nós caímos no conto do vigário em um desses passeios em Maragogi,pagamos caríssimo para ver as piscinas naturais,e a maré estava quase cobrindo a gente e não vimos nada.

    ResponderExcluir
  12. Ótimo relato! Principalmente porque fala dos detalhes e dos pontos negativos. Dá dicas práticas de como aproveitar melhor o local.
    Planejo estar lá este ano. Vamos de carro, um 4x4, por isso a estrada ruim será mais um atrativo. Mas certamente escolherei o dia baseado nas marés e levarei a "farofa" no porta malas!
    Muito obrigado!!

    ResponderExcluir