Cuca Alemã

Toda família tem uma receita tradicional, aquela que remete as origens das pessoas e é ensinada por gerações, sobrevivendo ao tempo. 

Vira tradição fazer.

É a massa fresca da família italiana, o pastel de nata dos portugueses, o macaron dos descendentes franceses... E muitas vezes as origens são recentes, vem de outros estados do nosso próprio Brasil. Pessoas que carregam parte da sua origem e cultura nas panelas.

Minha família, com um pé ancestral na Alemanha, tem a Cuca Alemã como "receita de família". Não sei quem dos meus ancestrais resolveu fazer pela primeira vez este bolo-pão, só sei que até hoje fazemos. Até porque ele é delicioso.

Cuca alemã

O nome Cuca, como é conhecido no Brasil, originou-se do termo original alemão Kuchen, que significa bolo.

Na verdade, para os alemães, Kuchen é um bolo simples feito com fermento químico. A Blechkuchen é o bolo feito com fermento biológico. E o feito na minha família é a variação deste, o Streuselkuchen.

O Streuselkuchen supostamente originou-se na Silésia, uma região que hoje em dia é parte da Polônia. E alguns registros dão conta da presença da cuca no século 9!

Também chamada de Rainha das Cucas, Streuselkuchen significa "bolo granulado". Este nome faz alusão a farofa que cobre a cuca, feita com manteiga, farinha e açúcar. Porém, a cobertura pode variar, adicionando-se ao granulado baunilha ou canela em pó. Outra variação é cobrir a massa com pedaços de frutas, geralmente ameixa, framboesa, amoras, morangos ou maçã, e só em seguida cobrir as frutas com os flocos como cobertura final.

Hoje em dia a Cuca é bastante difundida e apreciada nos países de língua alemã. No Brasil, ela é mais conhecida na região sul do país, principalmente nas cidades que receberam os imigrantes alemães.

Bom, mãos a massa, vamos fazer a Streuselkuchen.

Ingredientes
Massa (Kuchen) 
2 e 1/2 xícaras de farinha de trigo
6 colheres de sopa açúcar
1 colher desopa de fermento biológico seco
2 colheres de sopa de manteiga
Raspas de limão
250 ml de leite morno
2 ovos
1 pitada de sal 
Farofa (Streusel)  
1 e 1/2 xícaras de farinha de trigo
1 e 1/2 xícaras de açúcar
1 colher de chá canela em pó
2 colheres de sopa de manteiga 
(xícara de 200 ml)
Modo de preparo

Misture o fermento com uma colher de açúcar e metade do leite (MORNO) e deixe levedar por 30 minutos.

Cuca Alemã

Derreta a manteiga no restante do leite e reserve. Em uma travessa grande, coloque a farinha, o restante do açúcar, as raspas de limão e o sal.

Cuca Alemã

Acrescente o leite com a manteiga, os ovos e o fermento e misture bem até conseguir uma massa bem homogênea e pegajosa. Mexa bem a massa durante alguns minutos.

Cuca Alemã

Cuca Alemã

Coloque a massa em uma forma grande muito bem untada com manteiga e farinha, cubra com um pano de prato e deixe crescer até dobrar de tamanho. É importante que a massa esteja em um lugar abafado, pode ser dentro do forno, em cima de um armário ou dendro do microondas. Leva de duas a três horas para a massa crescer.

Enquanto a massa cresce, prepare a farofa. Coloque todos os ingredientes em uma tigela e mexa com as mãos até obter uma farofa úmida e consistente.

Cuca Alemã

Quando a massa crescer espalhe cuidadosamente esta farofa em cima dela.

Cuca Alemã

Cuca Alemã

Leve para assar em forno pré-aquecido em 180º por cerca de 40 minutos. A Cuca deve sair bem dourada do forno.

O cheiro que fica pela casa enquanto ela assa é divino!

Cuca Alemã

Agora é só chamar a família, passar um cafezinho e saborear esta delícia.

→ VEJA OUTRAS RECEITAS DE BOLOS

→ Você gosta de economizar? Clique aqui e compre com desconto nas Lojas Americanas!

Um comentário:

  1. Na própria alemanha, há quem discorde...

    "Apesar de ser super famoso por aqui na Alemanha, e no sul do Brasil, creem-se que esse bolo-pão tem origem Polonesa"

    fonte: http://www.receitasevideos.com/2013/07/cuca-streuselkuchen.html

    ResponderExcluir